Accordous

Reajustes no Aluguel:

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram

Acesso Rápido

Reajustes no Aluguel? Se você está pretendendo alugar seu imóvel é importante estar atento aos reajustes! Mas o que são esses reajustes? 

O reajuste no aluguel é o valor atualizado da taxa mensal de locação. Ele ocorre uma vez por ano, no aniversário da assinatura do contrato. 

Reajustes no Aluguel

Neste artigo você vai entender como é feito o cálculo do reajuste e como é possível tornar esse procedimento mais prático com o reajuste automático que a Accordous oferece. 

Como calcular o reajuste no aluguel? 

Para realizar o cálculo do reajuste no aluguel é necessário que o proprietário do imóvel e o inquilino entrem em um acordo. 

Nesse caso é preciso que o locador e o locatário assinem um aditivo e caso haja fiador, ele também precisará assinar. 

Vocês podem acordar o valor entre si ou usar os índices de reajuste para realizar o cálculo. 

Quais são os índices de reajuste usados para atualizar o valor do aluguel? 

Os principais índices de reajuste são IGP-M (Índice Geral de Preços Mercado) e IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). 

O IGP-M é calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). 

Todos os meses é feita a publicação de uma variação de valor que deve ser somada ao final de um ano. Assim a porcentagem deve ser multiplicada pelo valor atual do aluguel. 

Como o IGP-M também leva em consideração outros índices como IPA-M, IPC-M e INCC-M, então o valor costuma ser maior. 

Índices de reajuste usados para atualizar o valor do aluguel

Por exemplo, se em 2021 o valor do reajuste foi 25,1% e o aluguel for de R$1.000 então o valor atualizado será de R$1.251. 

Já o IPCA é divulgado a cada três meses, sendo em dezembro, setembro, junho e março. 

Você deve levar em consideração apenas um dos valores correspondentes ao aniversário do contrato. 

Por exemplo, se o reajuste do mês de junho foi de 5,71% e o aluguel é de R$1.000 então o valor atualizado será de R$1.057,10. 

Qual o melhor índice de reajuste? 

Na hora de escolher o melhor índice de reajuste para fazer o cálculo é preciso levar em consideração a situação da economia atual e também das condições financeiras do seu inquilino. 

Pois se você aumentar muito o aluguel pode acabar tendo problemas com inadimplência e perder o locatário, assim tendo um imóvel vazio e que apenas gerará dívidas. 

Por isso, levando em conta o período pós-pandemia, pode ser mais vantajoso escolher o índice do IPCA que proporcionará um reajuste menor, mas ao mesmo tempo dará mais estabilidade. 

Como fazer o reajuste automático? 

A nossa plataforma Accordous realiza o reajuste automático, de acordo com seu índice de escolha. 

Além disso, ela também pode enviar notificações sobre os contratos que estão próximos de vencer, dessa forma tornando sua gestão de aluguéis mais prática. 

Por isso, se você quer mais facilidade na hora de gerenciar suas locações não perca tempo e acesse nosso site para mais informações. 

Como fazer o reajuste automático?

Quais erros evitar no reajuste no aluguel? 

Na hora de fazer o reajuste no aluguel é importante evitar alguns erros para não perder o inquilino. 

Entre eles está fazer a mudança no valor de acordo com o salário-mínimo ou as alterações cambiais. 

Você também não deve fazer e assinar um novo contrato, apenas é necessário que o proprietário e o inquilino assinem um aditivo. 

Deixar de comunicar o locatário sobre o valor atualizado é outro erro. É preciso avisá-lo sobre o reajuste. 

O inquilino pode entrar em contato com a imobiliária ou o proprietário e pedir uma carta de aumento com 3 meses de antecedência para organizar seus gastos. 

O reajuste no aluguel vale para qualquer imóvel? 

Sim o reajuste pode ser feito tanto em imóveis residenciais como comerciais, pois se encontra prevista na Lei do Inquilinato. 

A única coisa que muda são os termos que se encontram no contrato e o índice usado para realizar o cálculo do reajuste. 

Quando e como o valor do aluguel pode ser reajustado? 

O locador pode fazer o reajuste uma vez por ano ou caso considere que o valor atual está defasado em relação ao valor do mercado. 

Nesse segundo caso a revisão só pode ser feita após o período de três anos de contrato.  

No caso do proprietário querer um reajuste maior do que os indicados pelos índices de reajuste, deve considerar dois pontos. 

Quando e como o valor do aluguel pode ser reajustado?

O primeiro é que deve estar no contrato que o reajuste será acima do índice e o segundo ponto é que o reajuste deve acontecer quando o contrato for renovado. 

Então você pode fazer um contrato de pelo menos três anos, podendo realizar reajustes anuais de acordo com o índice escolhido e um reajuste maior ao final do contrato. 

No entanto, mesmo que o valor maior tenha sido estabelecido no contrato pode estar muito acima do valor praticado no mercado. 

Assim você pode acabar perdendo o inquilino e ficar um bom tempo sem alugar o imóvel. 

Por isso é válido pesquisar os valores que estão sendo praticados no seu bairro e usá-los como base na hora de fazer o reajuste para não ser passado para trás pela concorrência. 

Conclusão 

Como você viu o reajuste no aluguel pode ser feito de três formas: levando em conta o índice IGP-M, IPCA ou uma revisão com um valor maior. 

No caso do índice IGP-M você deve fazer a soma de todos os valores mensais lançados pelo IBGE e ao final multiplicá-lo pelo valor atual do aluguel. 

Já no IPCA você deve escolher o valor do trimestre de acordo com o aniversário do contrato de locação e multiplicá-lo pela taxa atual de locação. 

Por outro lado, no caso da revisão você pode escolher um valor acima do índice, no entanto deve esperar um período de no mínimo três anos para aplicá-lo. 

É importante que você também considere o valor do mercado praticado no seu bairro para não aplicar um valor muito acima. 

Pois pode acabar prejudicando seus negócios, já que seu inquilino pode ficar impossibilitado de pagar. 

Além disso, o imóvel pode demorar a ser alugado novamente, o que dará mais prejuízo. 

Por isso na hora de fazer o reajuste no aluguel vale a pena fazer uma boa pesquisa e optar por um valor equivalente ao que o mercado está oferecendo. 

Para facilitar seu trabalho, a Accordous oferece o reajuste automático e ainda proporciona várias ferramentas e facilidades para uma gestão de aluguéis prática e eficiente. 

Fontes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *